Por que Claude Peguiron não usa mais química nos seus campos?

text4-jpg

Claude Peguiron em sua fazenda de 32 hectares, poucos quilômetros distante de Lausanne, onde cria 50 vacas.

O acirrado debate mundial sobre os pesticidas e suas consequências à saúde e ambientais não poupa também a Suíça. Enquanto o governo federal lança um plano para reduzir os riscos associados aos pesticidas, encontramos um agricultor suíço que abandonou os métodos convencionais de produção. Ele não se arrepende da escolha.

Claude Peguiron tem o caráter teimoso das pessoas do campo, mas sem o lado taciturno. Afável e falante, esse agricultor que vive em Mex, um vilarejo situado alguns quilômetros distantes de Lausanne, poderia passar horas a explicar as razões para a sua conversão e falar da sua satisfação, mas também as inúmeras questões e inseguranças que ainda lhe assombram as noites.
Há quase dois anos sua fazenda tem a credencial de agricultura orgânica emitida pela Bio Suisse, a federação que une todas as empresas agrícolas biológicas da Suíça. Foi uma escolha feita mais com base em questões de saúde do que pura convicção ecológica: Claude Peguiron é hipersensível aos pesticidas. “Eu sentia as vezes tonturas ou gânglios que inchavam quando utilizava herbicidas ou produtos para tratar as plantas contra as pragas. Alguns chegavam até a provocar sangramentos no nariz”, explica o agricultor.

Claude Peguiron conseguiu facilmente impedir o surgimento desses sintomas ao utilizar máscaras, mas pouco a pouco começou a ter dúvidas. A resposta chegou quando resíduos de um pesticida utilizado por um vizinho atingiram um pequeno lago, onde vivia uma colônia de girinos. “Eles pararam de se desenvolver de um dia para o outro”, lembra-se terrificado. Uma outra vez, ao visitar os campos de um colega que havia despejado no local um veneno químico contra lesmas, ele constatou a presença de inúmeros vermes da terra mortos. “Com a utilização intensiva de produtos químicos massacramos os seres-vivos que há mais de dois mil anos não os aliados naturais dos camponeses”, denuncia.

Saiba mais: http://www.swissinfo.ch/por/ele-se-converteu-à-agricultura-orgânica_por-que-claude-peguiron-não-usa-mais-qu%C3%ADmica-nos-seus-campos-/42717708?&ns_mchannel=rss&srg_evsource=gn

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.