A moda do orgânico, depois da Globo, atingiu o McDonald’s

Os cidadãos menos atentos apenas incorporam em seus cotidianos que “mais uma empresa agora vende orgânico”, quando lê a notícia da adesão da rede dos ‘m’ amarelos aos alimentos orgânicos.

Em um processo de transição, e retorno para uma alimentação saudável, é importante que os orgânicos sejam a primeira – e em breve a única – opção na alimentação das pessoas, seja no Brasil ou em qualquer lugar sobre a Terra.

O alimento, em todos os sistemas que incluem o orgânico, em síntese promove, além da saúde humana, o cuidado com o meio ambiente, e a coesão social.
Em todos estes aspectos o ser humano é o centro das atenções, se melhoramos a nós mesmos, a nossa relação melhora em todos os sentidos.

Naquele momento, em que nossa relação alcançará um ponto humanamente melhor, teremos redimido nossas intervenções negativas na Terra.
Que mais orgânicos, biodinâmicos, naturais, e outros alimentos cheguem a todos os cidadãos, criando consciência para nossa evolução.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.