Publicada a Autobiografia de Sirlei Antoninha Kroht Gaspareto

A Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPECÓ, publicou na edição Revista Pedagógica de Jan/Abr 2016 , a autobiografia de Sirlei Antoninha Kroht Gaspareto.

O Movimento de Mulheres Agricultoras foi o primeiro nome criado pelas mulheres quando constituíram seu Movimento, a partir de 1983. Antes de ser caracterizado como um movimento social era conhecido como Organização das Mulheres Agricultoras, depois MMC/SC, até 2004, quando o Movimento adquire caráter nacional sendo conhecido como Movimento de Mulheres Camponesas do Brasil, MMC.

Atuante de grande expressão no Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), e na educação superior como professora do curso de Pedagogia, defende o empoderamento das mulheres do campo em luta pela igualdade e aborda os desafios de articulação das problemáticas das práticas educativas construídas pelo MMC e das práticas pedagógicas produzidas pela universidade, tendo como referência básica o comprometimento com as lutas por transformação.

Com reflexos na produção agroecológica, coordenou o programa de recuperação, produção e melhoramento de sementes crioulas de hortaliças do MMC/SC que busca articular o trabalho histórico das mulheres camponesas na produção diversificada de alimentos com a resistência de produzir alimentos saudáveis.

Fonte: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/pedagogica/article/download/3174/1826&hl=pt-BR&sa=X&scisig=AAGBfm1MQtfxyTK_lcOpvXVxx-UpYxKIrw&nossl=1&oi=scholaralrt

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.